Presidente da Sociedade Espanhola de Oncologia Médica (SEOM)

O chefe do serviço de Oncologia Médica do Hospital Gregorio Marañón, Miguel Martinho, foi eleito o novo presidente da Sociedade Espanhola de Oncologia Médica (SEOM), no XV Congresso Nacional da sociedade médico-científica; alivia o posto Pilar Garrido.

Miguel Martín, o novo presidente da SEOM. Cedida pela Sociedade.

Artigos relacionados

Quinta-feira 29.10.2015

Quarta-feira 28.10.2015

Quarta-feira 07.10.2015

Domingo 08.03.2015

Durante os próximos dois anos, o dr. Martin assumirá a presidência da SEOM; na vice-presidência ficará a chefe do serviço de Oncologia Médica do Complexo Hospitalar de Navarra, em Pamplona, Ruth Vera.

O resto da nova Diretoria é a seguinte:

A nova Diretoria

– Secretário: César A. Rodríguez Sánchez, oncologista médico do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Clínico Universitário de Salamanca.

– Tesoureiro: João Monteiro Mateu, oncologista médico do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Clinic I Provincial de Barcelona.

– Vocal:

  • Jorge Aparicio Urtasun, chefe de Seção do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Universitário e Politécnico a Fé de Valência.
  • Rosário Garcia Campelo, oncologista médico do Serviço de Oncologia Médica do Complexo Hospitalar Universitário A Corunha.
  • Encarnação González Flores, oncóloga médico do Hospital Universitário Virgen de las Nieves de Granada.
  • Martin Lázaro Quintela, oncologista médico do Complexo Hospitalar Universitário de Vigo (Pontevedra).
  • Ana Santaballa Bertrán, chefe da Seção de Oncologia Médica do Hospital Universitário I Politècnic a Fé de Valência.
  • Miguel Ángel Continuei Palmer, médico oncologista do Hospital de Évora-Consórcio de Saúde Parc Taulì de Sabadell (Barcelona).
  • João Manuel Sepúlveda Sanchez, médico especialista no Serviço de Oncologia Médica do Hospital 12 de Outubro de Madrid.
  • João Antonio Virizuela Echaburu, oncologista médico do Serviço de Oncologia Médica do Complexo Hospitalar Regional Virgem Macarena de Sevilha.

Miguel Martin, especialista em Oncologia

O doutor Miguel Martin estudou Medicina e Cirurgia na Universidade de lisboa e doutorou-se no Hospital de Madrid .

Depois, foi um médico primeiro adjunto e chefe de Seção, em seguida, o Serviço de Oncologia Médica do Hospital Clínico San Carlos e durante 1990 e 1991, foi “visiting physician” no Fred Hutchinson Cancer Research Center e University of Washington Medical Center, em Seattle (EUA).

Em 2009 ocupou o cargo de Chefe do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Gregorio Marañón de Madri e também se estabeleceu como o coordenador da Área de Pesquisa de Câncer do Instituto de Pesquisa de Saúde Gregorio Marañón.

Em 1995, o doutor fundou o Grupo Cooperativo GEICAM (Grupo Português de Investigação em Cancro de Mama), uma rede de investigação que inclui mais de 140 hospitais, do qual é presidente.

Como pesquisador, o médico publicou mais de 250 artigos em revistas e livros, e foi galardoado com o Prémio de Investigação Clínica Pfizer 2011, o trabalho “Adjuvant docetaxel in high-risk node-negative breast cancer”, publicado no New England Journal of Medicine.

Em 2006, foi nomeado coordenador para a Europa da Sociedade Americana de Oncologia clínica e também faz parte da Sociedade Europeia de Oncologia Médica, a Sociedade Americana de Patologia Mamária da Sociedade Europeia de Transplante de Medula, a Sociedade Americana de Transplante de Medula e a Associação Multidisciplinar de Cuidados Paliativos em Câncer.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply