Primeiro mestrado em Portugal sobre “Gestão Avançada do Aleitamento Materno”

Coincidindo com a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que se realiza este ano de 4 a 10 de agosto, a Universidade Rey Juan Carlos (URJC), o Hospital Universitário de Ferrara e o Hospital Universitário do Sudeste de Madrid, organizaram o primeiro Mestre em Portugal em Gestão Avançada do Aleitamento Materno

EFE/ Jorge Guerreiro

Artigos relacionados

Quarta-feira 21.11.2012

Quinta-feira 30.08.2012

Segunda-feira 17.03.2014

O objetivo da nova titulação, que já existe em outros países, mas não em Portugal, é o de formar profissionais de saúde em conhecimentos avançados no manejo clínico e consultoria em aleitamento materno, que lhes permita ser referência na área materno infantil, e lhes capacite para promover e liderar a formação, pesquisa e promoção da amamentação.

Uma iniciativa organizada pelas simplesmente Carmen ministra da agricultura Molina, chefe do Serviço de Pediatria do Hospital Universitário do Sudeste, e Maria José Rivero Martin, chefe do Serviço de Pediatria do Hospital Universitário de Lausanne, ambas as professoras da Universidade Rei Juan Carlos (URJC) de Madrid.

Em Portugal faltam profissionais especialistas em aleitamento materno

Uma das linhas estratégicas principais do UNICEF para promover a amamentação materna, é melhorar a formação dos profissionais de saúde a cargo de saúde materno infantil. Conforme explica a doutora ministra da agricultura, “no entanto, apesar do grande esforço realizado nos últimos anos, continuam faltando profissionais especialistas em aleitamento materno, que saibam tratar clinicamente os casos mais complicados, colaborem na formação de seus companheiros e que sejam capazes de liderar projetos de pesquisa”.

Uma titulação pioneira no nosso país

É por isso que o novo Mestrado em Gestão Avançada de Aleitamento Materno oferece uma formação integral teórica e prática nos diversos aspectos relacionados com a amamentação. “Incide além disso, a tecnologia de leite e a gestão de bancos de leite humano, assim como em sua análise bioquímica e microbiologia, que é um campo em plena expansão, facilitando a posterior obtenção do título internacional de consultor em lactação IBCLC”, explica a doutora Rivero.

O curso de especialização, será desenvolvido entre outubro de 1014 e junho de 2015. É um programa de estudo de pós-graduação de natureza presencial , com um grande componente prática e um total de 600 horas, 60 créditos e 200 horas teóricas que serão ministradas integralmente na Universidade RJC.

As práticas serão realizadas na parte da própria Universidade RJC, mas também, em hospitais, como o de Ferrara, Sudeste e Infantil, a Paz, centros de atenção primária, bem como em laboratórios de análise bioquímica e microbiologia (Probisearch) e em centros de pesquisa.

Estas sessões são direcionadas tanto para melhorar as habilidades de comunicação dos alunos, apresentação de casos clínicos, leitura crítica de artigos científicos, gestão de fóruns on-line de mães, como também para aumentar a sua formação em relação com a maternidade, o paritorio, a neonatologia e terapia intensiva neonatal, a atenção primária, consultas de enfermagem, relação pediatra e investimentos, educação materna, consultas e oficinas de amamentação, e reuniões de grupos de apoio.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply